Design brasileiro exposto na feira da Nafem na Flórida

Linhas de refrigeradores desenvolvidas pelo StudioIno para empresas internacionais foram apresentados ao público durante a feira da Nafem, a associação norte-americana de fabricantes de equipamentos de foodservice. O evento foi realizado de 7 a 9 de fevereiro, na Flórida, EUA.

Dentre as novidades do grupo mostradas na Nafem Show, está a linha de equipamentos de refrigeração desenhadas para a Fagor, composta por mesas e armários refrigerados e freezeres. A Fagor é uma das marcas que compoẽm o Onnera Group e os projetos foram desenvolvidos em colaboração com as equipes de design e engenharia do Grupo. A empresa está no mercado há mais de 60 anos e está presente nas américas, na Europa, na Ásia e na Austrália.

 

O StudioIno também desenvolveu uma linha de equipamentos para a Micro Matic. A Barline é uma família de refrigeradores feita para o armazenamento e a apresentação de bebidas em bares. Fundada em 1953, a Micro Matic se estabeleceu em 120 países em mais de 50 anos de história, sendo uma das líderes nesse mercado.

Os produtos que o StudioIno ajudou a desenvolver são pensados para estabelecimentos internacionais de foodservice e estão sendo vendidos em diferentes países. Atualmente, o principal mercado tem sido os Estados Unidos.

A feira mais importante do setor

Emmanuel Melo, diretor de design do StudioIno comemora os resultados do escritório na Nafem. “Estamos orgulhosos em ver os nossos projetos expostos na principal feira de foodservice das Américas”, conta.

Esta não é a primeira vez que os desenhos do StudioIno se destacam no evento. Em 2015, o Wine on Tap, uma solução para servir vinhos de forma mais econômica, foi selecionado para exibição na Galeria “O que há de Novo. O que há de Descolado” (What’s Hot, What’s Cool). Organizado pelos curadores da feira, o espaço destaca ideias que traduzem as principais tendências sendo apresentadas no evento.

Este ano, a Nafem Show reuniu mais de 600 expositores e atraiu mais de 20 mil visitantes de diferentes países.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

 

Pesquisa coloca a experiência do usuário no centro da estratégia de foodservice

Como o cliente se sente ao utilizar um produto ou serviço? A experiência é agradável e resolve uma demanda específica? Responder essas perguntas é essencial para qualquer negócio e não seria diferente no setor de foodservice. O StudioIno acaba de entregar uma pesquisa que detalha diferentes aspectos do relacionamento do cliente com uma rede de alimentação.

Inicialmente, o trabalho não era esse. Procurado para projetar melhorias de arquitetura e tecnologia, o StudioIno percebeu que para fazer uma mudança realmente efetiva seria necessário entender melhor quais eram os pontos fortes e fracos da empresa do ponto de vista do consumidor. “Notamos que precisávamos nos aprofundar na experiência do usuário”, diz Emmanuel Melo, diretor de design do StudioIno.

Entendendo a experiência do usuário

Mas, o que é mesmo “experiência do usuário”? Emmanuel explica. “Quando uma família ou um grupo de amigos decide sair para comer fora, alguns fatores os farão ficar felizes ou chateados com o passeio”, diz.  “O atendimento foi bom? O ambiente combinou com a proposta do restaurante? O tempo passado no local foi agradável? A soma de todos esses elementos determina como a experiência do consumidor”, detalha Emmanuel.

A pesquisa do StudioIno investigou como os usuários da empresa cliente percebiam essa experiência. O trabalho englobou: entrevistas diretas com os consumidores, dinâmicas de cocriação com funcionários e gestores, análise e diagnóstico das operações na cozinha e benchmarking.

Como os funcionários criam a experiência

O trabalho com os funcionários foi conduzido pela rede Futurar, parceira do StudioIno. Marcelo Valença, que articulou as oficinas explica que participaram equipes das áreas de trade, marketing e operações.

O primeiro exercício foi a criação de cenários futuros para a empresa, que incentivou os participantes a desenharem avanços para diferentes elementos do negócio como a tecnologia utilizada, a forma de prestar serviço, o cardápio, o branding e a maneira de operar da empresa.

Em um segundo momento, os funcionários participaram de dinâmicas no qual os facilitadores encenavam situações reais descritas por clientes na fase de entrevistas. Os empregados tinham então a missão de contribuir com ideias para solucionar os gargalos encontrados.

Pensando na visão de futuro e nos pontos de melhoria, os funcionários participaram da terceira atividade. Desta vez, o objetivo era imaginar, em um cenário ideal, como seria o atendimento perfeito.

No final desta etapa foi realizada uma grande oficina e alguns encontros com os coordenadores da rede cliente.

Especialistas do StudioIno também passaram horas em uma das cozinhas da empresa para entender melhor como elas funcionavam. Foram observados o fluxo de operações, os equipamentos usados, o tempo de preparo de cada prato, etc.

Resultados

A partir dos resultados das dinâmica e das diferentes pesquisas, foi apresentado ao cliente um relatório com 13 recomendações. O documento mostra pontos que pedem melhorias, orientações para resolvê-los, e o impacto que essas mudanças devem causar na experiência do usuário. Foram observações nos processos de atendimento, da cozinha, de equipamento, configuração do cardápio, política de RH (treinamento e motivação), comunicação visual.

Tudo para tornar a visita ao estabelecimento mais prática e mais agradável.  

 

Mais sobre conceito em foodservice e experiência do usuário 

 

Imagens: Unsplash

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

 

Pizza Makers comemora abertura da décima unidade

A história que começou quando o jovem empresário Greg Machado procurou o StudioIno para desenvolver uma ideia chega, este mês, a um marco: 10 unidades abertas do conceito que acabou se tornando a franquia Pizza Makers.

O primeiro ponto foi inaugurado em dezembro de 2016. O restaurante tem a filosofia “maker” no nome e na proposta. O cliente escolhe como montar a própria pizza e o prato fica pronto em dois minutos graças ao forno super rápido escolhido para o projeto da cozinha.

 

A equipe do StudioIno trabalhou junto do cliente em todos os passos necessários para tirar o projeto do papel e transformá-lo em realidade, desde a concepção da marca até obra  e ambientação do espaço. Ao fim, o projeto todo envolveu: desenvolvimento do conceito, projeto de cozinha, projeto de arquitetura e interior, projetos complementares, e projeto de branding, ou seja, nome, marca, uniforme e elementos gráficos da comunicação com os clientes.

Hoje, a rede tem 8 unidades no estado de São Paulo e duas no Rio de Janeiro. O próximo ponto já está em obras, também em território paulista. Para o futuro, o plano é crescer. Muito. “Este ano temos como meta finalizar o ano com 20 e, até 2022, com 90 lojas”, diz Greg Machado.

Projeto na revista da FCSI

Em 2018, o trabalho do StudioIno para o Pizza Makers foi selecionado para publicação no anuário da Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice (FCSI, na sigla em inglês). Todos os anos, a FCSI seleciona os projetos de arquitetura e gestão mais inovadores dentre as ações submetidas por integrantes da sociedade de diferentes países.

Tudo sobre o projeto

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

 

 

Novidades do foodservice que encontrei em Chicago

No último final de semana, fiz algumas visitas técnicas a novos estabelecimentos de foodservice em Chicago (EUA). A programação fez parte das atividades do Comitê de Padrões Internacionais (CPSTA), do qual eu e Raoni Saade fazemos parte. O CPSTA é um braço da Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice (FCSI). Abaixo, compartilho o que chamou minha atenção durante as visitas:

1 – Nova McDonald’s

O novo ponto foi construído no lugar da “fifties McDonalds” ou “Rock’n’Roll McDonald’s”. Enquanto a anterior homenageava a década de 50, a nova é um marco de modernidade e uma unidade “flagship” para a marca. O prédio conta com teto solar, 70 árvores e certificação Leadership in Energy and Environmental Design (LEED). Como um cubo de vidro o novo McDonald’s se assemelha às lojas da Apple. As venda são realizadas nos totens e também no balcão, existe ainda a possibilidade de receber o pedido na mesa.  

 

Mais: https://www.independent.co.uk/news/business/mcdonalds-chicago-new-store-opening-apple-flagship-steve-easterbrook-a8490076.html

https://www.youtube.com/watch?v=K0cobPu8Bvg

 

2 – Loja física da Amazon

Recentemente, a Amazon comprou a rede de lojas de comidas saudáveis Whole Foods e abriu a primeira unidade física da marca. Os dois fatos convergem. Na AmazonGo o serviço é realizado sem filas e sem caixas. As compras são debitadas automaticamente na conta da AmazonGo do cliente.

 

Mais: https://www.youtube.com/watch?v=NrmMk1Myrxc

 

3 – Princi Italian Bakery

O estabelecimento de conceito italiano é operado pela Starbucks nos EUA e conta com padaria, focaccias, salada, café e bar.

Mais em: https://www.businessinsider.com/starbucks-bakery-opens-with-princi-photos-2018-8

 

4 – Novidades da Starbucks

As novas lojas da Starbucks têm detalhes como vitrines “frameless” sem molduras e sem serigrafia.

 

 

Emmanuel Melo

Diretor de Design

 

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

 

Prática oferece treinamento para consultores da FCSI no Brasil

Um grupo de integrantes da FCSI (Sociedade Internacional de consultores de foodservice, na sigla em inglês) se deslocou para Pouso Alegre em Minas Gerais para uma capacitação organizada pela fabricante Prática. O workshop é importante para a história da FCSI na América Latina porque a empresa é a primeira da região a participar do Programa de Crescimento Profissional da Sociedade.

O workshop foi realizado no último dia 23 e teve como objetivo “a troca de conhecimentos e experiências entre o fabricante e os consultores de mercado no que se refere ao segmento de panificação e confeitaria”, explica Renato Patrício diretor da Prática.

 

 

Emmanuel Melo e Diris Petribu, diretores do StudioIno, participaram do treinamento. Melo conta porque a capacitação é tão relevante para os consultores da FCSI no Brasil. “Este primeiro curso concedeu 3.5 Unidades Educacionais Continuadas (CEUs). Como sabemos desde 2010, os membros consultores devem obter o número especificado de CEUs a cada ano para manter seu status na sociedade”

A parceria da Prática com a FCSI começou no ano passado. Para Patrício, o trabalho conjunto é importante porque a empresa e a sociedade têm visões semelhantes do mercado. “Temos objetivos em comum: alimentação saudável e de qualidade sem desperdícios que contribuam para a sustentabilidade e meio ambiente. Entendemos que temos muito a aprender com renomadas empresas de consultoria como, por exemplo, o StudioIno”.

Para Emmanuel, a iniciativa da Prática serve de incentivo para outros fabricantes e profissionais de foodservice da região se juntarem à FCSI. A empresa já têm outra capacitação na agenda. “Teremos uma segunda etapa que integrará a panificação ao congelamento rápido”, conta Patrício.

Sobre a Prática – Fundada em 1991, a Prática desenvolve, fabrica e comercializa fornos profissionais, ultracongeladores e máquinas de panificação. A empresa é detentora das marcas Technicook, Technipan e Klimaquip.

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

 

Franquia brasileira é destaque em anuário americano de foodservice

Pelo segundo ano consecutivo, um projeto do StudioIno foi publicado na Project ShowCase, revista anual da Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice (FCSI, na sigla em inglês). O trabalho para a rede Pizza Makers foi selecionado dentre submissões de arquitetura e gestão de foodservice enviadas por membros da FCSI de diferentes países.

A publicação mostra desde a criação do conceito até as soluções de equipamentos e de espaço feitas para a pizzaria. “Greg Machado, o empreendedor por trás da ideia do Pizza Makers, queria que as pessoas pudessem fazer escolhas como parte da experiência de fazer a pizza. Para o novo restaurante ele pegou o formato das pizzarias tradicionais e incrementou as coisas”, conta a revista.

O StudioIno foi responsável pelo desenvolvimento do conceito, projeto de cozinha, projeto de arquitetura e interior, projetos complementares, e projeto de branding, ou seja, nome, marca, uniforme e elementos gráficos da comunicação com os clientes. “Os profissionais do StudioIno organizaram um eficiente restaurante conceito de “monte sua própria pizza” ancorado em fornos rápidos”, mostra a Project ShowCase.

Saiba tudo sobre o projeto do Pizza Makers  

Soluções de arquitetura e equipamento

Os detalhes da arquitetura são destaque na publicação. “O Pizza Makers foi desenhado para caber em uma variedade de pequenos espaços. O visual e o sentimento de “feito à mão” está presente da decoração à comida, na forma de pizzas, calzones ou saladas individuais e personalizadas. O balcão de serviços inclui recipientes refrigerados para que o cliente possa ver todos os ingredientes, e um espaço de trabalho grande o suficiente para os funcionários prepararem os pratos”.

Baixe a matéria sobre o Pizza Makers na Project ShowCase

O futuro da rede Pizza Makers

O trabalho do StudioIno com o Pizza Makers começou em 2016. Atualmente, a rede conta com oito unidades inauguradas entre Rio de Janeiro e São Paulo. Outras duas estão em obras, com previsão de abertura até o final do ano.

Mais brasileiros na Project ShowCase

Para a edição de 2018 da Project ShowCase, foram selecionados 14 projetos. O trabalho dos consultores Nathalia Sifuentes e Armando Pucci para o Hotel Palácio Tangará também foi escolhido para a publicação. Junto com o StudioIno, esses são os dois únicos projetos brasileiros escolhidos, todos os outros 12 da lista são assinados por escritórios norte-americanos.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

 

Em São Luís, casal de empreendedores investe na alegria do sorvete

A proposta está clara já no nome: Felice. O mais novo espaço de gelatos de São Luís (MA), comandado por Vanessa e Juninho Maranhão, tem a proposta de oferecer uma experiência alegre para os visitantes. Alegre como tomar um sorvete com os amigos ou em família. A previsão de abertura é em dezembro.

O StudioIno desenvolveu tanto o trabalho de conceito e branding quanto o projeto de arquitetura e ambientação da Felice. Os dois elementos andam juntos e levam a filosofia da marca para todos os elementos da loja.

Soluções de branding

Emmanuel Melo, diretor de design do StudioIno, conta que como a alegria de tomar um sorvete na companhia de pessoas queridas é a ideia por trás da criação da marca, todo os outros aspectos da comunicação visual busca evocar esse sentimento.

“As cores, o símbolo de bolas de sorvete com a textura e a forma despertam o paladar e são associadas à alegria. Essa evocação representa também a personalidade dos empreendedores. O Juninho e a Vanessa são pessoas alegres e a gelateria teria que ter essa atmosfera”, detalha Melo.

 

 

Soluções de arquitetura

O sentimento de alegria também foi transposto para o ambiente físico da loja. “O espaço foi projetado para ser um ambiente aconchegante que transmitisse um clima de felicidade, como o autêntico gelato italiano”, diz Diris Petribú, diretora de arquitetura do StudioIno.

O local é amplo e aberto proporcionando uma integração com o deck criado em frente à loja. Os elementos de decoração remetem às cores dos gelatos aplicadas na marca e o uso de balcões destaca o produto.

Delícias da Felice

Emmanuel lembra que a palavra “gelato” não quer dizer apenas “sorvete” em italiano. “É uma forma de preparo artesanal que garante cremosidade e textura aveludada”. A Felice tem a proposta de unir essa tradição da Itália com os sabores de frutas locais. Cafés e bolos completam as opções da casa.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

 

Feira Hotel & Food Nordeste terá palestras sobre o futuro do foodservice

Os empreendedores do setor de alimentação fora do lar terão durante a HFN – Hotel & Food Nordeste uma ótima oportunidade para adquirir novos conhecimentos sobre o que está por vir na gestão de bares e restaurantes. Essa é a pauta do Gourmet Experience, o circuito de palestras que será realizado nos três dias do evento, de 3 a 5 de outubro, no Centro de Convenções de Pernambuco. As inscrições já estão abertas.

O Gourmet Experience foi pensado como uma plataforma de educação em gestão e operação gastronômica, reunindo consultores, chefs e restaurateurs. “Trouxemos especialistas nacionais para dialogar com quem faz o setor de alimentação fora do lar em Pernambuco e no Nordeste com o objetivo de melhorar cada vez mais a prestação de serviços na nossa região”, afirma o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Pernambuco (Abrasel-PE), André Araújo.

Emmanuel Melo, diretor do StudioIno, é um dos palestrantes convidados. Ele falará ao público sobre como o design, a tecnologia e uma boa experiência do consumidor podem gerar resultados para o negócio. A apresentação do designer será no dia 5 de outubro, às 15h.

Entre os outros temas que serão discutidos durante as rodadas de conversas estão: estratégias para criação de cardápio, novos modelos de restaurantes, marketing digital e inovação em foodservice.

Mais sobre a  HFN – Hotel & Food Nordeste

A HFN – Hotel & Food Nordeste será realizada entre os dias 3 e 5 de outubro, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda. O evento é organizado pela Insight Feiras e Negócios em conjunto com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Pernambuco (ABIH) e a Abrasel.

 

Programação da Gourmet Experience:

3/10

15h às 16h30 – Como criar um cardápio vendedor – Matheus Lessa -empreendedor e digital influencer.

17h às 18h30 – Descubra como um bom controle financeiro e o uso correto de indicadores pode triplicar seu faturamento – Dennis Nakamura – CEO da Relp! aceleradora de restaurantes.

19h às 20h30 – Marketing temperado para restaurantes sem sal – Jorge Lima – publicitário especializado em gestão empresarial.

4/10

17h30 às 19h – Engenharia de cardápios: potencializando os resultados do seu restaurante – Flávio Guersola e Adalberto Santos – consultores da Guersola Consultores.

Debatedores: Bill (Grupo Ilha), Sophia Lins (La Cuisine Buffet) e Leonardo Lamartine (Rede Bonaparte).

19h30 às 21h – Os novos modelos do restaurante ganham espaço – Reginaldo Andrade – sócio fundador do site Infood. Debatedores – Cesar Santos, André Saburó e Joca Pontes.

5/10

15h às 16h30 – Tecnologia, design, experiência do consumidor e branding: um novo olhar sobre o negócio de foodservice – Emmanuel Melo – Kitchen Design / FCSI.

17h30 às 19h – Vamos falar sobre o seu futuro – Daniel Oliveira – consultor e sócio fundador da Oitoequinze Design.

19h às 20h30 – Mundo complexo, mercado dinâmico, negócios estagnado: como o marketing digital pode te ajudar a realizar curvas de inovação – Paulo Jelihovschi – sócio da Braincloud.

 

 

 

Serviço:

HFN – Hotel & Food Nordeste

Data: 3 a 5 de outubro de 2018

Local: Recife (PE) – Centro de Convenções de Pernambuco

 

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

 

FCSI comemora resultados de representantes brasileiros na Fispal

Pelo segundo ano consecutivo, a Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice (FCSI, em inglês) esteve presente na Fispal com atividades voltadas tanto para profissionais do setor quanto para empreendedores. Com o fim de mais uma edição da feira, os representantes norte-americanos da FCSI que estiveram no evento comemoram os bons resultados.

“A energia da FCSI no Brasil é incrível de se ver. Os membros que fazem parte da divisão brasileira doam seu tempo e esforço incansavelmente para promover a FCSI. Agradeço cada um pela hospitalidade e pelos serviços prestados à Sociedade”, disse Eric Norman, consultor da FCSI.

Doug Huber, também consultor e membro do Comitê de Padrões Profissionais da FCSI, comentou: “Dizer que estou impressionado é pouco. Nosso integrantes na América do Sul são embaixadores incríveis (…) eu recomendo que todos os membros da FCSI pelo mundo observem como esse grupo de líderes vai mudar o mercado de consultoria para melhor nos próximos anos”.

Os depoimentos foram publicados na última edição do informativo da FCSI.

Atividades na Fispal

Durante toda a feira, consultores brasileiros da FCSI prestaram orientações gratuitas para empreendedores do foodservice. Este é o segundo ano que o Fale com o Especialista é promovido. A Sociedade também realizou uma série de palestras de membros brasileiros e estrangeiros, tendo um horário reservado todos os dias na programação da Fispal. Huber, por exemplo, participou das atividade e conversou com consultores sobre como fazer parte da Sociedade. João Carlos Faias, arquiteto do StudioIno e também membro da FCSI, fez palestra sobre as oportunidades de pequenos negócios de foodservice.

Fispal

A Fispal 2018 foi realizada de 12 a 15 de junho, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP). Além de Doug Huber e Eric Norman, fizeram parte também da comitiva estrangeira que veio ao Brasil acompanhar a feira os consultores Wade Koehler e Bill Caruso, e o ex-presidente da FCSI William Taunton.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Franquia cearense Oh My Dog! chega aos EUA

Em julho será inaugurada a primeira unidade do Oh My Dog! nos Estados Unidos. A franquia especializada em cachorros-quentes começou em Fortaleza (CE) em 2012 e, atualmente, conta com 15 lojas no Brasil. A ida para os EUA já era parte dos planos da empresa desde a fundação.

O ponto do Oh My Dog! em terras americanas será um quiosque no centro de compras Florida Mall, na cidade de Orlando, Flórida. Jorge Kubrusly, dono da marca, começar a operar nos Estados Unidos faz todo sentido para a empresa. “O Oh My Dog! sempre teve muita coisa a ver com os EUA. Sempre buscamos nos inspirar na cultura americana. Eles são, afinal, os reis do fast foods e das franquias”.

Experiência no mercado internacional

O projeto do espaço é do StudioIno. O escritório desenvolveu as áreas de preparo do alimento e de atendimento dos clientes e desenhou a estrutura do quiosque, que tem 9 metros quadrados.

O empresário conta que já mantinha contato com o StudioIno há algum tempo, discutindo ideias e propostas. A parceria finalmente saiu do papel quando a empresa percebeu que precisaria de consultores experientes para o projeto da unidade americana. “Não tive dúvida. São profissionais qualificadíssimos e à altura do passo que estamos dando em nosso business”, conta Kubrusly.

O StudioIno já tem experiência no exterior. Desde 2007, o escritório desenha equipamentos para bares e restaurantes para a marca Fagor. Voltados para o mercado norte-americano, os produtos são fabricados no México e vendidos nos EUA.

Marca brasileira, mas de olho no público americano

O empresário explica que não quer abrir um ponto voltado apenas para os consumidores brasileiro que moram em Orlando. A ideia é conquistar o público local, atraindo quem circula pelo centro de compras. “Nossa proposta foi totalmente desenvolvida para os hábitos e paladar do público norte-americano. Fizemos bechmarking por muitos meses e muito estudos de concorrentes para desenhar o cardápio ideal, as porções e comunicação de ponto de venda para que não fossemos “estranhos” mas sim algo que eles já gostam porém, apresentado de forma melhorada”.

A franquia tem a filosofia de misturar a comida tão tradicional americana com a descontração brasileira. As casas da rede servem os famosos hot dog, com ingredientes e receitas de alta qualidade. No ambiente, uma estrutura simpática e moderna. O empresário quer manter este conceito, mas com sabor americano.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.