A História do KeepMyFood

Como designer sou curioso e inconformado.

Fui treinado para observar e me colocar na pele das pessoas durante as mais corriqueiras atividades.

O foodservice é o meu cenário predileto de observação e de busca de oportunidade para melhorar a experiências das pessoas.

Diariamente, eu almoço em um restaurante por kg aqui no bairro, perto do escritório.

Vejo a comida nos balcões de self dentro de cubas de aço inox, conservadas em esfumaçados banhos-marias, aquecidos por fogareiro a álcool e exposta aos bocejos dos meus colegas consumidores.

Isso não parece uma boa solução para expor, conservar e servir comida.

Dessa observação nasceu, há cerca de dois anos, o KeepMyFood.

KeepMyFood é um conjunto de equipamentos para a exposição e distribuição de alimentos, aquecidos e refrigerados, que utilizam placas de vidro temperados e decorativos como superfície térmica para conservar a temperatura das comidas. A linha se completa com protetores salivares, expositores built-in, aquecedores superiores e acessórios.

Um encontro casual

No início do ano passado, o StudioIno recebeu a visita do presidente da Topema, Sr. Nelson Cury filho, para tratar de outro tema. O Sr. Nelson viu um protótipo da Bandeja Térmica KeepMyFood aquecendo uma porção de pão de queijo e outros quitutes que lhe oferecemos. De cara, ele se interessou pelo projeto.

O resultado

Após um ano de testes realizados pela equipe de engenharia da Topema, o resultado pode ser visto nas prateleiras das principais lojas do setor e também na internet. As Bandejas Aquecedoras Portáteis foram os primeiros produtos do sistema de distribuição de alimentos KeepMyFood a chegarem ao mercado. Os produtos já estão disponíveis para os restaurantes por kg e para outras operações de foodservice.

Com design simples, as bandejas são fáceis para usar e limpar, não utilizam chama aberta ou combustíveis como réchauds, nem água aquecida como em banhos-maria.

Versáteis e práticos, esses expositores inovam o serviço de distribuição de alimentos de forma segura para o consumo enquanto agregam melhor percepção de valor ao restaurante e contribuem para uma excelente apresentação profissional dos pratos.

Os expositores KeepMyFood atendem a Resolução RDC n. 216, 2004 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com temperaturas seguras para conservação dos alimentos e protetores salivares.

Nós do StudioIno estamos orgulhosos e com certa dose de vaidade por participar desse lindo projeto.

Emmanuel Melo – FCSI, Designer e Diretor do StudioIno.

 

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Hamburgueria Senhor Frederico abre segunda unidade

Quando chegou a hora de expandir os negócios e abrir a segunda loja, a Hamburgueria Senhor Frederico resolveu contratar o StudioIno pela experiência do escritório em projetos de foodservice. A marca do Rio Grande do Sul, que já estava estabelecida na cidade de Frederico Westphalen, inaugura agora o segundo ponto, em Ijuí.

Hamburgueria Senhor Frederico

Diris Petribu, diretora de arquitetura do StudioIno, explica que o projeto combina elementos industriais com uma atmosfera aconchegante para criar um espaço jovem e descontraído. A casa se destaca combinar hambúrgueres tradicionais ou vegetarianos com cervejas artesanais.

Trabalhos por todo o Brasil

O StudioIno tem sede em São Paulo, capital, mas atua em diferentes estados. São projetos em Pernambuco, Rio de Janeiro, Minas Gerais, entre outros.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Solução inovadora para conservar e servir alimentos será apresentada ao mercado dia 12 

Na próxima quinta-feira (12), a Topema irá receber o público para mostrar os mais recentes produtos da marca, os equipamentos da linha KeepMyFood. O evento será na Avenida Paulista, 1009, às 17h. Os interessados devem confirmar presença pelo telefone (11) 2134.7400 ou pelo email vaber.comercial@topema.com.

A KeepMyFood conta com conservadores e expositores de alimentos. Os itens foram desenhados pelo StudioIno por encomenda da Topema. Os equipamentos são feitos em alumínio, aço inoxidável e vidro temperado, e contam com sistema de aquecimento ou refrigeração e iluminação em LED.

Diferenciais da KeepMyFood

A Topema destaca as seguintes vantagens competitivas para a linha KeepMyFood:

Inovação no aquecimento: Os expositores aquecem o vidro pela resistência elétrica em silicone com potência dimensionada. Nada de chama aberta ou banho maria.

Equipamento leve: Versatilidade e facilidade no transporte.

Design moderno: Todos os equipamentos realçam positivamente o ambiente.

Fácil manutenção: Sua estrutura facilita a limpeza e consertos no equipamento.

Sustentabilidade: Os expositores não utilizam chama aberta, água aquecida ou combustível.

Controle da temperatura: A temperatura é exibida em display digital. A regulagem é feita pelo controle também digital.

Saiba mais sobre a linha KeepMyFood

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Consultores das Américas do Norte e do Sul se encontram para discutir tendências de foodservice

Como a realidade virtual (VR) e a realidade aumentada (AR) estão impactando nos projetos dos negócios de alimentação? Quais são os segredos de nutrição dos atletas de ponta? Que novas tecnologias estão despontando no varejo de comida?

Essa serão alguns dos temas discutidos durante a conferência da Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice (FCSI)que será realizada de 19 a 21 de abril, em Denver, Colorado, nos Estados Unidos. Os diretores do StudioIno Diris Petribu e Emmanuel Melo vão participar como membros associados.

Sistemas de automação e aplicativos voltados para o mercado de foodservice serão alguns dos temas discutidos por Beth Ziesenis, especialista em tecnologia em alimentação. Ela será uma das palestrantes no segundo dia do evento.

A resolução de questões trabalhistas em negócios de foodservice será abordada por Chris Tripoli, consultor da FCSI, no terceiro dia da conferência. Também da Sociedade, Joe Shumaker vai conversar sobre tendências em equipamentos para display de alimentos.

As possibilidades que o software Revit traz para a arquitetura de estabelecimentos de foodservice é o tema de uma mesa redonda com profissionais da área e mediação da FCSI. Brian Anderson, membro da Associação Internacional de Tecnologia de Comidas e Bebidas (IFBTA, na sigla em inglês) também falará sobre TI. Mostrando como os empreendedores podem tirar o melhor retorno de sistemas que ajudam na criação de cardápios, controle de estoque, integração de fornecedores, fidelidade do cliente, entre outros.

Quer fazer parte da FCSI? Aproveite a conferência para fazer o teste

Durante o evento, consultores que ainda não são afiliados à FCSI mas querem ingressar na Sociedade terão a oportunidade de receber consultoria personalizada. Doug Huber, membro do Conselho para Padrões Profissionais da FCSI nas Américas, estará na conferência orientando os profissionais interessados sobre como funcionam os testes de admissão e como se preparar para eles. Huber estará disponível para consultas individuais marcadas, no qual o candidato poderá conversar e tirar dúvidas.

Os interessados que já conhecerem o processo e se sentirem aptos a passar pelos testes, poderão fazê-lo também durante a conferência. As provas, anteriormente apenas disponíveis em inglês, agora contam com versões em português, francês e espanhol. O exame inicial conta com 162 questões que testam os conhecimentos do aplicante sobre a indústria de foodservice. A aprovação é uma dos pré-requisitos para a associação à FCSI.

O que as Américas têm de mais inovador em produto de foodservice?

Dez produtos inovadores estarão em exibição durante toda a conferência. São itens selecionados dentre ideias de diferentes associados das Américas do Sul e do Norte que as enviaram para avaliação da FCSI antes do evento. Os avaliadores da Sociedade escolheram para exibição os produtos que mais mostraram excelência nos processos de pesquisa e desenvolvimento.

Imagem: Denver.org

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Apex divulga solução de design brasileiro para mercado americano

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) divulgou o projeto desenvolvido pelo StudioIno para a Topema tendo em vista o mercado dos Estados Unidos. O redesign do robô para vendas automática de sorvetes foi realizado para humanizar o produto e torná-lo mais competitivo no exterior.

A matéria da Apex mostra todos os detalhes do trabalho e os objetivos da Topema para crescimento no mercado americano. Leia mais clicando na imagem abaixo:

Design brasileiro para exportação

A projeto para a Topema foi realizado como parte do programa Design Export da Apex-Brasil, do qual o StudioIno faz parte. A iniciativa seleciona, por meio de editais, empresas brasileiras com perfil exportador. A partir daí, o Design Export dá todo suporte, inclusive financeiro, para o desenvolvimento de projetos de embalagens e/ou produtos. O incentivo tem como objetivo aumentar a competitividade das empresas brasileira na busca de novos mercados no exterior.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Projeto do Viena Delish selecionado para publicação americana

O projeto de foodservice do StudioIno para o novo restaurante Viena Delish está na edição deste ano da revista Project ShowCase, da Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice (FCSI, na sigla em inglês). Este ano, a publicação selecionou 12 projetos de foodservice entre os trabalhos de associados nas Américas e o do StudioIno é único da América Latina a ser escolhido nesta categoria.

O que a revista destaca

“Os projetos são diversos tanto em conteúdo quanto em localização, já que a FCSI continua a expandir para novas áreas”, explica James C Camacho, o presidente da divisão para as Américas da FCSI, no editorial da revista. Ele continua: “este ano, destacamos 12 projetos de foodservice e dois projetos de gestão, incluindo escolas, universidades, restaurantes, um hospital, refeitório corporativo e resorts”.

A Project ShowCase mostra como o trabalho de reconceituação foi importante para que a marca Viena conquistasse o público mais jovem sem alienar os clientes cativos. A matéria, explica todo o processo necessário para que este resultado fosse atingido. O trabalho envolveu desde pesquisas e workshops com profissionais de diferentes áreas até o desenvolvimento de soluções de cozinha, bar, arquitetura e branding que traduzissem o novo posicionamento da marca. Destacamos as contribuições da Todos Arquitetura no design do interior e da consultora em branding Alice Yang na experiencia do consumidor.

Conheça todo os detalhes do projeto para o Viena Delish

Porque a publicação é importante

A Project ShowCase é a principal publicação da FCSI. Todos os anos, a Sociedade faz contato com todos os associados em busca das soluções mais interessantes e inovadoras. Atualmente, a FCSI tem mais de 1.600 membros em 46 países.

A revista então seleciona os projetos mais relevantes e inicia um processo de filtragem, no qual o pleiteante deve preencher os requisitos da FCSI e fornecer os detalhamentos necessários para a publicação. Desta forma, são selecionados os 14 trabalhos (12 de projetos e 2 de gestão) que chegam às páginas da revista.

Saiba mais sobre o processo de seleção da Project ShowCase

Viena Delish na publicação da FCSI

A publicação da FCSI já está disponível online. Todos os detalhes sobre o Viena Delish na revista podem ser conferidos abaixo:

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Pizza Makers consolida sucesso em São Paulo e abre terceira unidade

Pouco mais de um ano atrás, os empresários por trás do Pizza Makers vieram ao StudioIno com a ideia de um restaurante no qual o cliente faz sua própria pizza. O modelo deu tão certo que a marca já se prepara para abrir a terceira unidade. O novo ponto será inaugurado esta semana no no Shopping JK Iguatemi.

Mais pizza do seu jeito

No Pizza Makers o cliente escolhe os clientes escolhem dentre uma variedade de ingredientes frescos e monta a pizza do jeito que quiser. O prato vai então para um forno que assa tudo em apenas dois minutos, criando um refeição rápida e gostosa.

Para fazer esse modelo funcionar, o StudioIno desenhou o fluxo da cozinha e o fluxo da área de atendimento. Além disso, foi preciso também escolher os equipamentos corretos para que a pizza ficasse pronta rapidamente.

No unidade do Shopping JK Iguatemi o formato será um pouco diferente. Como a frente da loja é mais estreita que as outras unidades, o balcão de atendimento foi projetado em L. E o forno será personalizado para ficar ainda mais com a cara do Pizza Makers.

Além do projeto de arquitetura para todas as unidades, o StudioIno é responsável pelo design de interiores dos restaurantes, o branding e o design gráfico da marca. Toda comunicação do restaurante reflete o conceito do maker, aquela pessoa que gosta de colocar a mão na massa e fazer as coisas do seu jeito.

Franquia nacional

Desde o início, a ideia dos fundadores do Pizza Makers era desenvolver um modelo de negócios que pudesse ser replicado em franquias. Com o crescimento da marca, o restaurante começa a se preparar para espalhar o conceito pelo Brasil.

Mais sobre o Pizza Makers: 

Da ideia à realidade: como tirar um projeto do papel

Como o equipamento correto faz toda a diferença em um negócio de foodservice

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Especialistas mostram como o conceito é importante para um negócio de foodservice

No primeiro dia da Equipotel, uma das feiras mais relevantes para o mercado nacional de restaurantes e hotéis, profissionais associados à Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice (FCSI, na sigla em inglês) conversaram com o público participante sobre o conceito por trás de um negócio de foodservice. O painel foi realizado no último dia 11.

O que é conceito em foodservice

“O conceito é a bússola que vai guiar todas as tomadas de decisão”, explicou Emmanuel Melo, diretor do StudioIno e membro da FCSI. O designer abriu a conversa mostrando que o conceito é a ideia principal do negócio ou sua identidade central. E que essa filosofia vai permear todos os aspectos do empreendimento.

O que faz um bom conceito em foodservice

Na experiência com os clientes do StudioIno, Melo percebeu que cinco fatores, prioritariamente, influenciam na criação de um conceito interessante:

  • Mercado (público-alvo, cenário econômico, oportunidades, etc)
  • Finanças (capital disponível para investimento e expectativa de retorno)
  • Experiência do consumidor (como o cliente se sente no estabelecimento, que conexão ele forma com o local)
  • Cardápio – (como o tipo de alimento preparado e o formato do serviço)
  • Tendência – (inovações que começam a ganhar mercado)

Que negócios apresentam bons conceitos

A engenheira de alimentos Renata Shimizu e membro da FCSI deu continuidade à discussão. “O negócio não pode ter um cardápio e uma atmosfera que falem linguagens diferentes. É como uma orquestra, os elementos têm que conversar entre si”.

Ela apresentou exemplos bem sucedidos de conceitos em foodservice. A rede Sweetgreen, que tem como conceito a comida saudável com preparação simples, foi um dos casos citados. Shimizu destacou ainda a experiência da hamburgueria H3, que tem a filosofia de “not so fast food”, uma comida não tão rápida, que se diferencia do fast food usual. Outro exemplo foi o conceito do Mexcla, que segue a ideia de comida de verdade. Para isso, o negócio usa ingredientes frescos e adota atendimento e atmosfera familiares e acolhedoras.

O consultor e membro da FCSI José Aurélio Lopes, finalizou o painel mostrando exemplos de elementos que ele considera essenciais para a experiência positiva do cliente em um empreendimento de foodservice.

Sobre a Equipotel

Está é a 55ª edição deste evento que há muito se estabeleceu como referência para toda a cadeia de hospitalidade e serviços alimentares na América Latina. Este ano, serão 200 expositores nacionais e internacionais distribuídos pelos 25 mil m² do espaço de exposição.  Durante toda a feira, no espaço Café do Saber, profissionais associados à FCSI vão conversar com o público sobre diferentes temas. As palestras serão sempre às 16h30. O espaço fica na rua N22 do pavilhão.

 

Serviço:

Equipotel

Data: 11 a 14 de setembro de 2017

Horário: Segunda-feira à quinta-feira das 13h às 21h

Local: São Paulo Expo – São Paulo/SP

 

Leia mais sobre experiência do consumidor

Veja toda a programação da FCSI na Equipotel

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Como preparar um negócio de foodservice para receber pedido de entrega pelo celular

Tanto por meio de aplicativos que reúnem vários estabelecimentos quanto por aplicativos próprios, negócios de foodservice estão cada vez mais recebendo pedidos de entrega feitos pelo celular. Como preparar um empreendimento para entrar nesse mercado crescente é o tema da palestra que Diris Petribú, diretora do StudioIno, fará na Equipotel. A conversa será no dia 14 de setembro, às 16h30.

A importância dos aplicativos de delivery no foodservice

Como utilizar os aplicativos no serviço de entrega? Qual a importância de manter contato com a base de clientes para maximizar os resultados da ferramenta? No caso dos pedidos “para viagem” é preciso ter uma área da loja específica para esse serviço? Esses são alguns dos temas que serão abordados durante a palestra. Além de Diris, o assunto será discutido por Nathália Sifuentes, consultora de foodservice.

Diris e Nathália fazem parte da Foodservice Consultants Society International (FCSI). A palestra delas faz parte da programação do espaço Café do Saber. Durante toda a feira, às 16h30 o local recebe um bate-papo com curadoria da FCSI.

Sobre a Equipotel

Está é a 55ª edição deste evento que há muito se estabeleceu como referência para toda a cadeia de hospitalidade e serviços alimentares na América Latina. Este ano, serão 200 expositores nacionais e internacionais distribuídos pelos 25 mil m² do espaço de exposição. A programação se completa com uma séries de palestras gratuitas.

 

Serviço:

Equipotel

Data: 11 a 14 de setembro de 2017

Horário: Segunda-feira à quinta-feira das 13h às 21h

Local: São Paulo Expo – São Paulo/SP

 

Palestra: A importância de preparar seu negócio para a mobilidade

Data: 14 de setembro de 2017

Horário: 16h30

Local: Rua N22 do pavilhão

 

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Porque o conceito do restaurante é importante para o cliente

A história do estabelecimento, a experiência que o consumidor tem no local, a filosofia por trás do serviço. Todos esses elementos são levados em conta quando alguém decide onde vai comer fora. A importância do conceito do negócio de foodservice é o tema da palestra de Emmanuel Melo, diretor do StudioIno, na Equipotel, que será realizada de 11 a 14 de setembro, no São Paulo Expo, o centro de convenções da capital paulista. A conversa sobre conceituação será no dia 11, às 16h30.

Qual é a história do seu negócio de foodservice?

Empresários de foodservice, você consegue identificar a história que seu estabelecimento conta? Sabe se esse conceito está visível para o cliente? Como o consumidor vivencia a experiência de estar no seu estabelecimento? Essa experiência é transparente? Essas e outras perguntas serão discutidas para mostrar como um conceito bem resolvido e comunicado fortalece a presença de um negócio de foodservice no mercado. Além de Emmanuel, o tema será discutido pela a engenheira de alimentos Renata Shimizu e o nutricionista e consultor José Aurélio Lopes. Os três profissionais são membros da Foodservice Consultants Society International (FCSI).

O painel faz parte da programação de palestras da Equipotel, realizada no espaço Café do Saber, na Rua N22 do pavilhão da feira. Todos as conversas realizadas às 16h30 são de curadoria da FCSI.

Sobre a Equipotel

Está é a 55ª edição deste evento que há muito se estabeleceu como referência para toda a cadeia de hospitalidade e serviços alimentares na América Latina. Este ano, serão 200 expositores nacionais e internacionais distribuídos pelos 25 mil m² do espaço de exposição. A programação se completa com uma séries de palestras gratuitas.

 

Serviço:

Equipotel

Data: 11 a 14 de setembro de 2017

Horário: Segunda-feira à quinta-feira das 13h às 21h

Local: São Paulo Expo – São Paulo/SP

 

Palestra: A importância do conceito e relevância para o consumidor e o sucesso no Foodservice

Data: 11 de setembro de 2017

Horário: 16h30

Local: Rua N22 do pavilhão

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.