Dicas para operar durante reformas

Reformar um restaurante traz uma série de vantagens, você consegue atrair um novo público e oferecer novidades para os clientes habituais. A tarefa, porém não é fácil, requer planejamento e preparação.

Você pode optar por manter o restaurante fechado durante o período da reforma, mas embora pareça a opção mais fácil, também requer planejamento. Todos os detalhes precisam ser pensados para que o prejuízo financeiro e de imagem seja minimizado. Considere a situação financeira do seu estabelecimento e certifique-se de que tem uma reserva para essa fase de reforma, lembre-se que a maioria dos custos continuarão a correr, como aluguel, luz e energia, equipe, entre outros. Pense em todos os detalhes e inclusive, considere que haverá, após a reabertura, uma fase de recuperação.

Fazer a reforma com o restaurante em operação é uma opção viável, e com o planejamento adequado pode ser um sucesso! O StudioIno tem algumas dicas para você que está pensando em fazer uma reforma, confira:

Planejamento:
Avalie bem a questão estrutural, se o espaço é grande o suficiente para comportar ter uma área fechada, sem que o prejuízo para os clientes seja grande. Tudo tem solução, para aqueles que desejam mais velocidade, até o aluguel de um container para servir como cozinha improvisada, pode ser uma opção.

Autorizações:
Procure a prefeitura da sua cidade e peça autorização para a reforma, seguir toda a parte burocrática será importante para não ter a obra paralisada. Lembre-se de guardar todos os documentos importantes.

Comunicação:
Comunique-se com o seu público, pense em uma campanha para não perder seus clientes. Seja transparente, invista em uma comunicação que destaque o espaço futuro e os benefícios que os clientes terão. Crie expectativa, mas ao mesmo tempo peça paciência e colaboração de todos, afinal esse espaço será para eles.

Higiene:
A preocupação com a saúde dos clientes deve ser redobrada, a poeira e outros elementos devem ser observados com muita atenção. O trabalho de um especialista (nutricionista) é fundamental nessa etapa.

Essas dicas podem ajudar, mas você deve procurar sempre o apoio de profissionais gabaritdos.

Um abraço

Diris Petribu

Identidade visual e decoração como diferencial

Um restaurante é conhecido e reconhecido por muito mais do que apenas a alimentação. Todos os aspectos sensoriais também são parte da experiência que forma sua identidade. Especialmente a identidade visual, aliada a decoração e ambientação, é parte importante desse contexto e pode se tornar um diferencial se bem explorada.

O visual de qualquer estabelecimento comercial traduz a personalidade do negócio e também é responsável por definir e direcionar os consumidores. Dessa forma, a decoração deve ser planejada para agradar o seu público de interesse. Pesquise bastante para identificar as tendências, não apenas gastronômicas, mas tudo que possa ser incorporado a essa experiência.

A escolha das cores pode incorporar a paleta da marca da empresa, considerando sempre as características do espaço. O predomínio de cores neutras como o bege ou o branco, deixam o ambiente mais sofisticado, mas é preciso balancear a paleta de cores para não acabar deixando um clima tedioso e pouco estimulante. Aposte em elementos coloridos para equilibrar, como quadros, jogos de mesa e algumas paredes em tom mais chamativo.

Adesivos de vinil também são uma boa opção, pois trazem variedade e tem custo acessível. São ótimos para decorar paredes, portas ou divisórias de vidro e até balcões e outros equipamentos como geladeiras, claro, sempre pensando em não deixar o ambiente carregado com muitas informações visuais. A decoração do restaurante deve seguir um único padrão.

Lembre-se que até o sistema de operação pode influenciar na decoração: há uma grande diferença entre decorar um restaurante self-service e um a la carte, por exemplo. Cada tipo tem suas peculiaridades, que devem ser observadas. No self-service, cores quentes são ideais, pois chamam a atenção do consumidor. Já nos a la carte, os tons frios, podem criar uma atmosfera de relaxamento e aconchego, favorecendo a ambientação e reforçando a identidade.

Cores como amarelo e vermelho inevitavelmente despertam o apetite. Mas será que necessariamente um restaurante precisa ter essas cores? Conheça bem o significado de cada uma das cores e reflita sobre qual ambiente e qual a sensibilidade você quer despertar em seus clientes.

Evite carregar o espaço com muitos objetos como quadros, luzes, cartazes, móveis. Um ambiente amplo e claro inspira limpeza, procure definir a áreas para cada coisa.

Seguindo todas essas dicas, o seu restaurante terá uma aparência ótima, bem cuidada e com o seu estilo. Sim, o seu toque pessoal é o que vai dar mais personalidade ao negócio. Não tenha medo de criar, basta tomar cuidado para não ir contra a ideia e a identidade criadas.

O StudioIno tem toda a experiência em projetos para restaurantes e está pronto para entender suas expectativas, direcionando os projetos da forma mais adequada, aliando o projeto técnico ao visual final. Converse com a gente!

 

Um abraço

Diris Petribu

Sustentabilidade & Mobiliário

Sustentabilidade é um tema que está na pauta em quase todos os segmentos, é um valor que os consumidores começam a prestar atenção e que pode influenciar ou determinar sua escolha.

Especialmente para os restaurantes, cafés, lanchonetes e outros serviços de foodservice,  o mobiliário pode ser mais um diferencial para reforçar aos clientes o seu posicionamento e engajamento em assegurar práticas sustentáveis.

Mobiliários feitos com materiais naturais estão em alta! É possível utilizar madeira certificada, reciclada ou reutilizada, materiais alternativos como bambu, juta, sisal, “pedras sintéticas” e agora chega ao mercado brasileiro resinas com 30% de material reciclado (pet) adicionado a sua composição e que pode ser utilizado em tampos de mesa e decoração em geral. Com tantas opções percebe-se que as aplicações são múltiplas e que os elementos/materiais podem ser utilizados tanto na construção quanto no acabamento.

Um exemplo muito interessante é que alguns restaurantes muito arrojados e inovadores apostam em móveis de papelão recoberto com compensado de madeira descartada e estofamentos das cadeiras revestidos com sobras de couro da indústria calçadista. Ainda são restaurantes-conceito mas, precisamos estar atentos à essas tendências.

O StudioIno tem a certificação do Selo Green Kitchen e orienta seus clientes às melhores práticas de sustentabilidade em seus projetos tanto em mobiliário quanto em equipamentos.

Um abraço,

Diris Petribu

NRA SHOW 2013

Estivemos pelo 8o. ano consecutivo na NRA SHOW 2013 que já está em sua 94a. edição. Esta que sem dúvida é a maior feira do segmento de foodservice nos Estados Unidos.

Antes de falar da feira temos que falar da atmosfera da cidade. Chicago é IMG_7805absolutamente incrível. Uma cidade limpa, organizada e especialmente florida de tulipas nessa época do ano. Para profissionais de arquitetura é um brinde adicional estar na cidade porque ela é de fato muito planejada e reúne obras históricas e outras modernas de renomados e anônimos colegas de profissão que nos inspiram sempre.

 Se pudéssemos dar uma dica diríamos que o mais importante na feira é criar o seu scrap book pessoal, recortando os assuntos que lhes interessam, mas como alguns de nossos clientes nem sempre tem oportunidade de ir optamos por criar um scrap mais amplo e dar uma pincelada geral da nossa perspectiva da feira.

Pensando no olhar dos operadores os alimentos em alta foram: os chás novamente muito presentes, grãos que na edição do ano passado começavam a despontar esse ano tinham mais personalidade, frios e condimentos como diferenciais e alimentos com apelos de sustentabilidade e saúde.

Do ponto de vista de inovação, foram 21 empresas premiadas, alguns itens não tão inovadores, somente evoluções e processos já existentes, mas chamou a atenção a empresa Aeroweks que inovou completamente em sistemas para áreas de devolução de restaurantes, cujo espaço é cada vez menor e exige uma operação de muita qualidade. Pudemos ver o que há de mais novo e certamente em breve estará presente em nosssos projetos. A Ecolab é sem dúvida uma empresa que se reinventa e reapresentou seu sistema de gestão para equipamentos de cozinha que já tinha sido premiado no ano passado e a Garland Group ampliou a utilização dos sistemas de cocção por indução o que certamente traz uma reflexão para nós já que oferece mais segurança e eficiência energética nas operações. Para saber todos os detalhes dessa arena acesse: http://show.restaurant.org/Attend/Attractions/Kitchen-Innovations-Award

Como dissemos no início, a feira é não só uma feira, ela movimenta o mercado de foodservice e pudemos visitar algumas operações, o que sempre nos enriquece. Uma rede que já está no Brasil e que tem conceitos ótimos é o Vapiano – Culinária Italiana e um ambiente incrível. Sem dúvida muito bom. Mas Chicago tem muita tradição em street food com seus hot dogs e sanduíches que são muito bons. Outros conceitos interessantes para serem vistos: Little Market Brasserie, Grace Restaurant e Sumi Robata Bar, cada um com sua especialidade mas reunindo elementos de arquitetura, serviço e produto bem bacanas.

Novamente estavam em alta conceitos sustentáveis, ecológicos e de máxima eficiência operacional e ambiental. Nosso papel como profissionais do ramo é trazer esse conhecimento para o debate com nossos clientes e incentivá-los às melhores decisões dentro de seus projetos.

A tecnologia para a gestão dos serviços de restaurante apareceu fortemente em tablets, smartphones e sistemas em si. A comanda manual está em desuso com certeza!

Dentre as palestras e painéis apresentados podemos destacar a do CEO da Starbucks – Howard Schultz em que ele fala da importância de buscar o lucro com propósito, consciência e responsabilidade. Isso é muito bacana e temos visto aqui no Brasil que nossos clientes que tem mais sucesso são os que não visam só lucro e sim tem um envolvimento emocional e verdadeiro com os seus negócios. Muito bacana, nós também acreditamos nisso. Trabalhar é mais do que trabalho.

Outro destaque é que esse não é um evento de demonstração. Ocorrem muitas discussões e mobilizações organizadas pela NRA em prol de reformas fiscais, impostos de alimentos, regulamentação de transgênicos, imagração, entre outras, utilizando a força dos seus associados e seu peso perante ao governo.

Um insight divertido e que demonstra a movimentação que as gerações y e z tem promovido no mercado de foodservice é o interesse e o envolvimento das crianças no processo de decisão em relação a escolha e preparo dos alimentos, então novamente esse ano houve uma premiação para iniciativas nessa área e nos traz uma reflexão a respeito de como nós arquitetos e projetistas estamos pensando nesses mini consumidores em nossos projetos e nossos clientes operadores em sua oferta. Algo para pensar sem dúvida.

No ano que vem iremos novamente à NRA Show para encontrar os muitos amigos brasileiros que vão buscar informações, referências e inspirações e também rever os amigos gringos que temos feito ao longo desses anos em nossas visitas. Queremos fazer um agradecimento especial a Topema que ofereceu ao grupo um gostoso coquetel no hotel, a Rational pelo convite ao evento “Expert Kitchen Aria Fairmont” e a Ecolab pelo simpático jantar a bordo do barco Spirit of Chicago.

 

Um abraço a todos!

 

Diris Petribu e Eduardo Esteban

REDESIGN 2013

JOÃONos dias 16 e 17 de maio João Carlos Faias arquiteto e gerente de projetos do StudioIno participou do evento R.

 O evento teve como tema “A reinvenção do ponto de venda” e apresentou cases de sucesso do mercado nacional e internacional. Arquitetos, designers, executivos e outros profissionais da área abriram a “caixa preta” dos projetos e compartilharam detalhes da metodologia, pensamento e dos recursos utilizados em seus projetos.

 Obviamente não foram apresentados somente cases da área de alimentação mas sempre é rico ouvir sobre comportamento de compra, movimento das marcas, percepção dos clientes, pesquisas, etc que ajudam a ampliar a visão do StudioIno para aplicação em seus futuros projetos.

 Segundo João Carlos “Foram 2 dias de conteúdo de alto nível! A destacar as palestras de Ken Nish da JGS sobre o papel do design na internacionalização do varejo, Marcelo Rosembaum que mais do que conhecimento trouxe uma reflexão sobre sustentabilidade e atitude pela cidadania, Caito Maia presidente da Chilli Beans que apresentou a história da empresa e da evolução do design das lojas e Steve Collins da JHP sobre varejo on the go, que falou da estratégia de aplicação de lojas de varejo em aeroportos, um segmento do qual o StudioIno já atua a anos. Estaremos lá no próximo ano, o evento agregou muito!”

Vem aí a NRA Show 2013

A NRA Show 2013 acontece entre os dias 18 e 21 de maio em Chicago, nos Estados Unidos.

Considerado o maior e mais abrangente evento das indústrias de hospitalidade e foodservice a feira NRA Show recebe expositores e visitantes de todo o mundo. Em 2012 foram mais de 61 mil visitantes de 100 e mais de 2 mil expositores.

Para essa edição, a feira promete dar destaque para os temas Heathcare, Nutrição Infantil e Sustentabilidade e também contará com a presença do famoso Chef Anthony Bourdain e Howard Schultz, CEO da Starbucks.

No Studio Ino já começamos os preparativos para conhecer a feira esse ano. Nosso grupo de trabalho vai trazer todas as tendências do mercado de Foodservice que serão aplicados nos futuros projetos para nossos clientes. Além disso, todo o conhecimento será compartilhado em um post exclusivo aqui no nosso blog, uma verdadeira visita guiada com os insights e todas as novidades apresentadas. Não perca, fique sempre conectado com o Studio Ino pelo site, blog e redes sociais.

Aproveite para ver a postagem sobre a feira de 2012 (aqui).

 

Espaço Singular

O StudioIno atua de maneira muito versátil mas sempre focado no mercado de Food Service.

Um projeto inaugurado há pouco mais de um ano é o Espaço Singular em que o StudioIno projetou o bar, café e a área de cozinha.

Os 3 espaços foram otimizados para garantir a preparação de produtos com equipamentos de alta performance e num conceito de finalização, que permitem assegurar ao operador, que nesse caso é a GRSA, a elaboração de cardápios sofisticados sem comprometer a área de conforto dos clientes e a eficiência operacional.

http://www.esingular.com.br/

Palestra sobre Food Service na ABIA

Diris Petribu, Diretora e fundadora do StudioIno Arquitetura e Design, realizou em 01/06/2012 palestra na ABIA – Associação Brasileira das Indústrias de Alimentos com o tema “Arquitetura em Sistemas de Alimentação”.

Participaram executivos de grandes empresas do segmento.

A ABIA é a principal interlocutora da Indústria da Alimentação no diálogo com o Poder Público, organismos internacionais e a sociedade. Fundada em 1963, representa atualmente cerca de 70% do setor em valor de produção.

Participar de debates positivos para a evolução da cadeia produtiva é fundamental para o mercado de foodservice. Através de constantes pesquisas, viagens e visitas a feiras buscamos nos atualizar para dividir nosso conhecimento e oferecer nossa contribuição a esse mercado que oferece tantas oportunidades, foi ótimo estar com esse seleto grupo de profissionais na ABIA.

Diris Petribu

NRA Show 2012 comentada

O StudioIno esteve presente na NRA Show 2012 – a mais importante feira do mercado de foodservice no cenário internacional.

Equipamentos, utensílios, mobiliário, uniformes, comunicação visual, sistemas de pagamentos, alimentos, bebidas, serviços… todos os elementos que congregam o mercado de foodservice novamente foram apresentados.

Há alguns anos como frequentadores da feira, em muitos momentos, é recorrente o pensamento sobre quais novidades iremos encontrar. Mas exercitando o pensamento e as ferramentas tanto do design como da arquitetura, ano a ano apuramos o nosso olhar para a inovação. Mas verdade seja dita, a inovação não está mais posta como uma “revolução” e sim no aprimoramento, na evolução, nas sutilezas que geram ganhos de produtividade, reduções no consumo energético, ciclos sustentáveis e que geram oportunidades para surpreender o consumidor e para criar oportunidades incríveis na gestão de foodservice de uma maneira geral.

A globalização aproximou as pessoas,  a informação e as tecnologias. A sabedoria para desenvolver projetos passa a ser o minucioso estudo do comportamento do consumidor e como todos os elementos podem suportar seus desejos e anseios.

Healthy, Hand Made, Fresh e Sustainable (saudável, artesanal, fresco e sustentável), segundo nossa percepção, foram as 4 palavras que nortearam a oferta de soluções nesta edição da NRA. Obviamente que qualidade, segurança, preço, dentre outras também permearam o evento, porém, a semente das iniciativas direcionadas para negócios e para um mundo mais sustentável e saudável efetivamente foi tomada como prioridade pelos americanos.

Projetos premiados como um fogão que acende automaticamente quando a panela é colocada sobre ele e a chama se apaga imediatamente ao utensílio ser retirado é obviamente muito simples e proporcionalmente inteligente, gerando economia no consumo energético e segurança para o operador. Bambu, cana açúcar, milho, são alguns dos muitos substitutos de derivados de petróleo para a produção de descartáveis gerando menor impacto ao meio ambiente e resíduos rapidamente compostáveis. Frutas frescas destacaram-se em porções individuais, copos, caixas… vários formatos e possibilidades para agregá-las ao mix das empresas que visitaram a feira.

Nos chamou a atenção no hotel em que estivemos hospedados a oferta diária de frutas saborosas e realmente diversificadas. Além da feira aproveitamos para fazer o circuito de cafeterias, conveniências e conceitos de foodservice em alta na cidade e podemos afirmar que em 100% dos conceitos visitados havia a oferta de frutas frescas agregadas ao cardápio. Com maior ou menor exposição, mas sempre presentes.

Algumas fotos que ilustram um pouco desse nosso primeiro post a respeito da feira:

FOGÃO COM ACIONAMENTO AUTOMÁTICO

MATERIAIS SUSTENTÁVEIS APLICADOS A EMBALAGENS

FRUTAS FRESCAS PORCIONADAS: SAÚDE E CONVENIÊNIA

DIRIS PETRIBU, ARQUITETA E DIRETORA DO STUDIOINO & CRISTINA SOUZA, CONSULTORA EM MARKETING

O site da feira é www.restaurant.org/show tem muita informação, fotos e muito da atmosfera do evento. Boa leitura!

 

Design e o setor de Food Service

O primeiro benefício que a empresa tem quando passar a usar design é o da integração. (…) Muito se perde, nas empresas, pela falta de diálogo entre o marketing e a engenharia. O design se posiciona ali pois conta com a informação técnica, entende de materiais e processos, além da lógica de produção, e tem a visão do ser humano.

Emmanuel Melo, diretor do núcleo de Design e Estratégia, foi entrevistado pela Revista Inox e falou sobre a importância e a vantagem competitiva que o design leva às empresas.

Se interessou? Lei a matéria na íntegra.

A Ilha de Cocção e a Estação de Cozinha, projetos do Studio Gourmet Unilever fabricados pela Aços Macom, também foram destacadas nesta matéria e na edição anterior, número 38.